Computação/TIC

O currículo de tecnologias da informação e comunicação (TIC) do BCB, alinhado aos novos desenvolvimentos curriculares em voga no Reino Unido são baseados no conceito de que os alunos possuem uma "vida digital". O programa de ensino tem que ser adaptado para a finalidade em uma sala de aula do século XXI e, mais do que isso, tem de oferecer aos alunos o desafio, as oportunidades e a sede de conhecimento que permitirão e servirão de incentivo para que se destaquem no uso das TIC.   Na prática, isso implica o envolvimento de várias esferas da vida digital - escola, trabalho, redes sociais, jogos, atividades do dia a dia como compras e um possível uso de tecnologias da Web 3.0.

A fim de se tornarem cidadãos produtivos, seguros e bem informados, os alunos devem ser capazes de escolher e usar as ferramentas de forma apropriada para uma comunicação eficaz de ideias, buscar informações ou resolver problemas.  Fazer essas escolhas com sabedoria requer níveis de compreensão e uma série de habilidades, conhecimentos e competências. Pode envolver aspectos de compreensão de hardware e software, a escolha de uso de um wiki para preparar páginas de informações compartilhadas ou a decisão sobre qual software usar ao demonstrar suas competências em História ou Geografia. Alunos que desenvolvem um alto nível de "sabedoria digital"  sabem tomar decisões sobre o uso de tecnologia de formas interessantes, criativas e produtivas. Desenvolver a sabedoria digital dos alunos está no cerne das experiências de aprendizagem das TIC e representa uma sabedoria que, apesar de não nos ser inata, somos capazes de desenvolver através do uso adequado da tecnologia.

Toda a experiência de estudo das TIC encontra-se dentro do contexto de aprendizagem do terceiro milênio - uma abordagem realista do uso das ferramentas do século XXI para capacitar os alunos, permitindo-lhes uma aprendizagem que não seria possível de outra maneira.  As escolas do terceiro milênio adotam uma cultura de uso implícito e eficaz das tecnologias de informação e comunicação em todo o programa de ensino, na medida em que tal uso se torna invisível e sua aprendizagem primordial.  Elas fazem uso dos recursos e ambientes de aprendizagem de modo criativo, incluindo oportunidades de desenvolver habilidades de pensamento de alto nível em todas as áreas do programa de ensino e, assim, equipando, capacitando e habilitando os alunos para se adaptarem de forma integral a um cenário digital em constante mudança.

No âmbito da vida digital, as ferramentas e recursos nos permitem inovar, pesquisar e gerar conhecimento. Eles permitem a geração de "dispositivos" que podem ser usados ou criados por alunos - incluindo documentos digitais, apresentações, programas e códigos, vídeos e arquivos de áudio, imagens e fotografias. Existem alguns usos conjuntos de tecnologias digitais, onde as ferramentas e dispositivos podem ser combinados para uma finalidade específica ou para construir um sistema como, por exemplo, a criação de um site que contém informações, fotos e vídeo sobre um interesse particular .  Criar um dispositivo pode incluir aspectos de TIC que envolvem raciocínio computacional, conhecimento e compreensão da ciência da computação e codificação, tais como, design, desenvolvimento e criação de um jogo por programação, ou o desenvolvimento de um aplicativo para outras pessoas utilizarem. No BCB, nós incentivamos nossos alunos a aperfeiçoarem as abordagens de aprendizado baseadas na pesquisa do mesmo modo como acreditamos que isso oferece oportunidades valiosas para a criação de habilidades de pensamento de altíssimo nível.

Como uma escola que está ciente das constantes mudanças nas tecnologias de informação e comunicação, estamos constantemente revisando nossos recursos e adaptando nosso programa de ensino para garantir que a vida digital de seu filho seja constantemente apoiada e aprimorada.